quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

DEAD KENNEDYS





Dead Kennedys é uma banda punk americana formada em San Francisco, Califórnia. Durante os anos 1980, a banda obteve uma ampla influência no cenário internacional da música punk, com uma mistura experimental entre a música punk inglesa da década de 1970 com a energia crua do hardcore norte-americano. Suas canções combinavam deliberadamente letras chocantes com um humor ácidos e satírico, com comentários liberais sarcásticos sobre assuntos sociais e políticos da época. Ao mesmo tempo, algumas de suas canções também ridicularizam as posições hipócritas de algumas elites liberais. Muitas das canções da banda criticam as ideologias de líderes e de entidades religiosas fundamentalistas de posição política conservadora e da Administração Reagan, além de muitas ideias e personalidades de esquerda.

A história do Dead Kennedys começa quando Eric Boucher respondeu a um anúncio que procurava por vocalistas para uma nova banda de rock. O autor do anúncio era o guitarrista East Bay Ray. Logo após, Eric assumia a alcunha de Jello Biafra, baseado na fracassada guerra civil nigeriana, na qual a região sudeste da Nigéria tentou se tornar independente proclamando a República de Biafra. Os dois se juntariam ainda ao baixista Klaus Flouride, a um segundo guitarrista conhecido apenas pela alcunha de "6025" e ao baterista Bruce Slesinger. O ano era 1978, a política americana agonizava nas mãos conservadoras e a repressão e a insatisfação social tornava o período excepcionalmente propício para o surgimento de uma nova tendência musical: o hardcore - uma evolução americana e agressiva do punk inglês.

Seguindo a linha de pensamento anárquica de Biafra, a banda desde cedo se focou nas letras e na ideologia nelas contidas, abusando de sátiras irônicas e ácidas para criticar diversos temas sociopolíticos americanos, como o consumismo, o "American Way of Life", as guerras, os políticos liberais conservadores, a igreja, a polícia entre outras.

Em 1979, o então misterioso guitarrista "6025", deixa de integrar a banda oficialmente (mas continua se apresentando com a banda e ajudando com composições).

Ainda em 1979 surge o primeiro single da banda: "California Über Alles", uma crítica direta ao então governador da Califórnia, Jerry Brown. Após o sucesso, o grupo lança mais um compacto com a badalada "Police Truck", criticando a violência policial e a famosa "Holiday In Cambodia", um hino antibelicista repleto de ironia e humor negro.

Nesse mesmo ano, Jello Biafra, militante político anarquista e agitador cultural de uma nova vanguarda musical, candidata-se ao cargo de prefeito de São Francisco. Entre suas propostas, previa que os políticos fossem obrigados a circular com um nariz de palhaço e que os policiais fossem escolhidos em votação direta com a população. Com slogans como "Apocalipse agora! Jello para prefeito", alcançou o quarto lugar com mais de 6 mil votos.

Em 1980 é lançado o clássico Fresh Fruit For Rotting Vegetables em parceria com a gravadora independente I.R.S. que rendeu um disco de ouro à banda na Inglaterra.



Devido as imposições contratuais regidas pela então gravadora, Biafra decide montar seu próprio selo, a Alternative Tentacles (que mais tarde lançaria bandas consagradas como Black Flag, Brujeria, 7 Seconds, The Melvins e Bad Brains).

Em 1981 lança pelo novo selo o EP In God We Trust, inc., uma prévia do segundo álbum onde se destaca toda a ironia e acidez da banda sobre a igreja. Logo em seguida é lançado o compacto "Too Drunk to Fuck" que apesar de proibida alcançou muito espaço nas rádios. Neste mesmo compacto foi gravada a polêmica música "Nazi Punks Fuck Off" escrita devido ao descontentamento de Jello em relação aos nazi-fascistas que começavam a surgir na cena punk, e também para atacar seus inimigos declarados: o The Exploited, uma banda punk formada em Edinburgo, Escócia em 1979, acusada de várias atitudes fascistas, como a declaração do vocalista de que odiava negros e latinos.

Em 1982 Slesinger, então baterista, deixa a banda e em seu lugar entra Darren H. Peligro.

Também em 1982, com a nova formação, lançam o segundo álbum da banda, o "Plastic Surgery Disasters" apresentando a já habitual irreverência da banda unida a um som melhor trabalhado e mais maduro do que os álbuns anteriores.



Em 2001 saiu "Mutiny on the Bay", único registro oficial ao vivo da banda, contendo os hinos "California Über Alles" e "Holiday in Cambodia", além de um dos inúmeros discursos de Jello Biafra contra as guerras.

Também em 2001, trazidos pela produtora independente Ataque Frontal, o grupo realizou um controverso show no Brasil, sem o vocalista Jello Biafra, que criticou a banda remanescente por ser gananciosa, dizendo em entrevista que "Eles foram à América do Sul enganar os fãs, os fãs têm que decidir se eles querem ou não fazer parte desta farsa".

Fonte: Wikipédia











Cara, esse vídeo é de 1979, das antiga, eu nasci em 79...





Encontrei um ensaio dos caras, intitulado '' Lost session tapes'', qualidade bem melhor que muito show, raridade, segue aí...











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todas os comentários que forem considerados ofensivos ou contrários aos princípios deste Blog não serão aceitos, chega de radicalismos infantis.